Marketing não é apenas sobre atrair pessoas, ele É sobre pessoas.

Sobre encontrar o melhor meio de se comunicar com alguém de uma forma que ele perceba que você tem algo importante para oferecer.

No meio dessa jornada em busca de encontrar a comunicação ideal muitas empresas perdem a essência do marketing, e sem ela nós não somos capazes de fazer nada, além de claro, falar com o vento.

Nesse artigo explicaremos os 3 processos usados para criar uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente.

Se isso fosse um jogo de futebol, digamos que iriamos ensinar 3 passes perfeitos para chegar na frente do gol, depois falaremos sobre como fazer o gol, vamos por partes. Agora precisamos falar sobre estratégia.

Então vamos começar com a essência.

Há 3 anos quando perguntaram para um dos maiores nomes do marketing mundial, Philip Kotler, sobre as mudanças no mundo e como isso afetou o marketing, ele respondeu:

“Os profissionais de marketing usam três conceitos centrais. Primeiro, foco no consumidor e em suas necessidades. Quem manda é o cliente.

Em segundo lugar, criar, comunicar e entregar valor sabendo de antemão quais são seus valores, necessidades, percepções e crenças.

Por fim, lembrar que o objetivo final é ter um consumidor satisfeito e encantado. É assim que se conquistam e se mantêm clientes. Isso não mudou e nunca vai mudar.”

Estratégia 1: Quem?

Para quem é a sua mensagem? Para quem é o seu produto? Quem você deseja atrair?

E por favor não responda que é para todo mundo. Mesmo as empresas que vendem produtos genéricos como refrigerante tem um público.

Saber e personificar o seu público é o que chamamos de foco no consumidor.

Ter um produto excelente é fundamental, e fundamental também é saber exatamente quem é o seu consumidor.

Não existe nada mais frustrante do que oferecer uma solução para o público errado.

Na hora de pesquisar seu público ideal descreva quem você quer atingir, depois crie uma pessoa fictícia com essas características, vá conferindo as informações conforme você aprofunda sua pesquisa e continue moldando esse “personagem” que você criou.

As vezes sua comunicação pode estar falhando simplesmente porque você está falando com as pessoas erradas, esses você deve excluir.

A etapa de foco no consumidor é, por muitas empresas, totalmente ignorada, o que pode causar um estrago muito grande.

Imagine você construir toda uma estratégia gastando recursos e tempo que não vão trazer retorno porque você mirou para o alvo errado.

Bem, você não vai querer fazer isso.

Estratégia 2: O que?

Depois de descobrir quem é o seu público ideal você precisa saber o que ele precisa ouvir de você.

Chamamos esse ponto de colocar o cliente em jornada.

Você sabe quem ele é, o que ele pensa, acredita e precisa, agora você deve definir o que você vai entregar de valor.

O mais importante no processo de colocar o cliente em jornada é ouvi-lo.

É como se fosse um bate papo, você diz algo daqui e ele responde de lá. Quando você bate em um ponto importante, ele vai dar um sinal, e você deve lembrar de prestar atenção neles.